Escola Municipal José Augusto Gama de Souza adere ao PNAIC

Escola Municipal José Augusto Gama de Souza adere ao PNAIC

sexta-feira, 10 de maio de 2013

O município de Nova Luzitânia aderiu ao PNAIC (Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa) que é um acordo formal assumido pelo Governo Federal, estados, municípios e entidades para firmar o compromisso de alfabetizar crianças até, no máximo, 8 anos de idade, ao final do ciclo de alfabetização.

Um dos eixos estruturantes do Pacto reúne três componentes principais: Avaliações processuais, debatidas durante o curso de formação, que podem ser desenvolvidas e realizadas continuamente pelo professor junto aos alunos.

Os professores terão acesso a um sistema informatizado onde deverão inserir os resultados da Provinha Brasil de cada criança, no início e no final do 2º ano. Através deste sistema, docentes e gestores poderão acompanhar o desenvolvimento da aprendizagem de cada aluno de sua turma, e fazer os ajustes necessários para garantir que todos estejam alfabetizados no final do 3º ano do ensino fundamental.

Ao final do 3º ano, todos os alunos farão uma avaliação coordenada pelo INEP. O objetivo desta avaliação universal será avaliar o nível de alfabetização alcançado pelas crianças ao final do ciclo. Esta será mais uma maneira da rede analisar o desempenho das turmas e adotar as medidas e políticas necessárias para aperfeiçoar o que for necessário.

O Ministério da Educação assumirá o custo dos sistemas e das avaliações externas.

Nos dias 15 a 19/04, a Coordenadora da Escola Municipal José Augusto Gama de Souza, que é a Orientadora de estudo do PNAIC, passou por uma formação inicial de 40 horas no município de São José do Rio Preto, na qual foi discutida a necessidade de desenvolver uma cultura de formação continuada, buscando propor situações que incentivem a reflexão e a construção do conhecimento como processo contínuo de formação docente.

Nesta formação os professores serão atendidos em seu município pela orientadora de estudo e também pela Coordenadora do Pacto em encontros presenciais mensais de oito horas, totalizando 80 horas distribuídas em oito unidades. No total, são computadas às 80 horas relativas às unidades trabalhadas, mais 08 horas de seminário final e 32 horas de estudo e atividades extra sala, totalizando 120 horas.

O início da capacitação dos professores alfabetizadores aconteceu nos dias 02 e 03/05, totalizando uma carga horária inicial de 08 horas.

Segundo a Orientadora de estudo, os professores estão entusiasmados e relataram que compartilhar e rever suas práticas pedagógicas são metas principais desta capacitação. O trabalho conjunto, participativo, integrador, é o que se espera nesta jornada.