• Brasão

    Brasão

    Brasão da Câmara Municipal de Nova Luzitânia

  • Fachada da Câmara

    Fachada Câmara

    Vista da Fachada da Câmara Municipal de Nova Luzitânia

  • Galeria das Legislaturas

    Galeria Legislaturas

    Foto da Galeria das Legislatura da Câmara Municipal de Nova Luzitânia

  • Sala Poder Legislativo

    Sala Poder Legislativo

    Sala do Poder Legislativo da Câmara Municipal de Nova Luzitânia

  • Auditório Plenário

    Auditório Plenário

    Vista do Auditório do Plenário da Câmara Municipal de Nova Luzitânia

  • Jardim dos Fundos

    Jardim dos Fundos

    Vista do Jardim dos Fundos da Câmara Municipal de Nova Luzitânia

  • Fachada com rampa de acesso

    Fachada com rampa de acesso

    Fachada com rampa de acesso da Câmara Municipal de Nova Luzitânia

  • Sala de reuniões

    Sala de reuniões

    Sala de reuniões da Câmara Municipal de Nova Luzitânia

Detalhes da Notícia




Nota de esclarecimento

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Em Relação ao projeto de lei de Credito Adicional Especial no valor de R$ 150 mil aprovado na última sessão no dia 5 de abril em Nova Luzitânia, os vereadores Maria Ozilda, Meire Nascimento e Osvaldeci Bailão, tem a informa que não é a primeira vez que a administração através da mídia tenta atribuir conduta negativa de forma sub-reptícia aos Vereadores quando os mesmos votam contra alguns projetos enviados ao Legislativo.

Os Vereadores acima citados informam que conhecem, os anseios da população, e tem si, preocupação com seus interesses e, por isso, vem atuado fortemente na preservação dos interesses dos luzitanienses.

No exercício da fiscalização, os Vereadores desde o início de seus mandatos analisam todos os Projetos de forma criteriosa visando atender o interesse público.

Assim agindo, os Vereadores verificaram no Projeto nº 15/2016 a necessidade de planilhas de quantitativos, valores das obras e desenhos constantes no projeto, afim de dimensionar a sua necessidade para a população.

O Projeto referido mencionava a pavimentação asfáltica de uma rua, onde, porém, em visita ao local foi constatado que a mesma já se encontra asfaltada. Obtivemos informação verbal da Prefeitura de que se tratava de alargamento da referida rua. Daí a necessidade de documentos que demonstre este alargamento anexo ao Projeto, visando demonstrar cabalmente esse intento.

Foi solicitado pelos vereadores na Comissão de Justiça e Redação a retirada do Projeto para que fosse acrescentado tais documentos, mas o mesmo foi negado.

Outro objeto do Projeto é a construção de um Palco no Terminal Rodoviário.

É conhecido que o Terminal não atende as finalidades para o qual foi construído, já que o seu posicionamento não contribui para uma manobra eficiente de ônibus. Além disso, não julgamos necessário a Construção de Palco dentro da Rodoviária, uma vez que na cidade já existe um Palco sem utilidade em uma praça que se quer recebe a Feirinha das quartas-feiras. Por outro lado, a postura dos Vereadores tem sido de Fiscais do Povo, Requerendo, Impugnando e Irresignando com os atos contrários a população de Nova Luzitânia.

Informamos também que todos os projetos chegam no Legislativo as vésperas da sessão, com regime de urgência e muito sucinto sem que o parlamentar possa fazer seu apreciamento adequado. Assim sendo foi que votamos contra ao projeto citado.

Diante de alguma dúvida ou informação os Vereadores se colocam a disposição para maiores esclarecimentos e desde de já deixam bem claro que foram eleitos pelo Povo, e jamais serão coniventes com qualquer ação que não seja de interesse público.